EUA

Las Vegas & Grand Canyon

Las Vegas & Grand Canyon

Fomos parar a Las Vegas e ao Grand Canyon através de uma tour a partir de LA.

Ao chegarmos rapidamente percebemos que era uma tour destinada a Chineses, o ponto de encontro foi em Chinatown, toda a gente na tour, com a excepção de um casal Indiano, era Chinês, a guia era Chinesa e falava um inglês que também ele soava a chinês.

Coisas que aprendemos sobre os chineses durante os 3 dias de convívio: falam alto, entusiasmam-se facilmente com qualquer coisa, quando saem do autocarro, numa das breves paragens para ir à casa de banho e/ou comer algo, fazem agachamentos e alongamentos (ver video na página de facebook) e aparentemente gostam de Gift Shops que vendam chá de placenta de cabra, lesmas do mar como snacks e outras coisas do género.

Quando chegamos a Las Vegas sentimos que tínhamos aterrado em Marte, o tempo era abafado, super quente e húmido, de tal forma que sentíamos que não entrava ar suficiente nos pulmões, e toda a cidade nos pareceu um grande parque de diversões para adultos com vontade de gastar dinheiro.
É uma cidade de faz de conta, uma espécie de Portugal dos Pequeninos para gente crescida, mas a magia da mesma está precisamente nisso. O nosso orçamento não nos permitiu usufruir do que a cidade tem para oferecer, não falo apenas dos casinos e todo o tipo de máquinas e joguinhos a cada esquina mas das imensas opções de espectáculos que existem todos os dias e que acredito que devem ser qualquer coisa de incrível.

No dia seguinte fomos ao Grand Canyon e isso sim, não tem nada de “faz de conta”, é a Natureza no seu estado mais puro, é lindo lindo. Deram-nos a escolher entre visitar o West Rim (ficava a 3horas de distância) ou o South Rim (ficava a 5 horas de distância), depois de uma breve pesquisa na internet percebemos que o South Rim era menos turístico, era o parque natural no seu melhor, por isso a opção mais acertada para nós, e valeu sem dúvida as duas horas extra de viagem, só tivemos pena de não termos ficado para o pôr do sol mas ainda assim a vista é de um tipo de beleza que só se encontra na Natureza.

Do Grand Canyon fomos para a Hoover Dam, a barragem que fica na fronteira entre o Estado do Nevada com o Arizona, não é nada de espectacular mas é incrivelmente grande e já que estávamos de passagem vale sempre a pena conhecer.

Sara Teixeira